sexta-feira, 8 de maio de 2009

Um manifesto ao Verde

O movimento ambientalista tem ganhado força no mundo todo e cada vez mais se reconhece à importância das grandes áreas verdes. Em tempos de aquecimento global “Essas áreas” são cada vez mais disputadas pelas pessoas, lotando os parques municipais e represas públicas. Este movimento reflete-se ainda na economia, onde se observa uma grande valorização comercial destas áreas naturais, como por exemplo a floresta da Tijuca e o parque do Ibirapuera. A importância vai além do dia a dia, quando se analisam os destinos turísticos mais procurados, em geral áreas naturais livres da poluição e do transito são as favoritas. Milhões são movimentados todos os dias para se incrementar a nossa reaproximação com o verde.
Articulando todas essas perspectivas reuni um grupo de 5 de razões para o porque devemos plantar mais Árvores, e você acompanha agora pelo texto abaixo.

1- A primeira delas trata-se da fixação de gás carbônico – esse gás é um dos grandes vilões responsáveis pelo efeito estufa e conseqüente causador do aquecimento global. Ele sempre esteve presente na nossa atmosfera, mas seu volume tem aumentado significativamente com a queima de combustíveis fósseis, como a gasolina e o óleo diesel. Graças ao processo de fotossíntese as plantas tem a habilidade de converter esse gás em matéria vegetal, o retirando de circulação.

2- A segunda razão remete a absorção da água das chuvas - A presença de áreas verdes e principalmente de árvores proporcionam uma maior retenção da água das chuvas, reduzindo a freqüência e intensidade de enchentes tão comuns em muitas áreas urbanizadas.

3- A razão número 3 fica por conta do resfriamento da terra. Mas não da Terra planeta, a terra firme, essa que nós pisamos todos os dias - Da mesma forma que nós as plantas também transpiram e liberam vapor d’água neste processo. Áreas verdes funcionam como os radiadores, resfriando as casas, os bairros e sua cidade como um todo. Esse resfriamento natural ajuda inclusive na redução da conta de energia, pois um ambiente mais fresco, requer um menor uso de ventiladores e aparelhos de ar condicionado.

4- Já na razão 4 temos a maravilhosa retenção de partículas. As folhas das árvores funcionam como anteparos para partículas que vagam por ai, retêm a fuligem produzida pelos motores e ainda podem ser usada para criar barreiras de proteção a poluição sonora.

5- Agora porque não falarmos nos benefícios diretos como melhoras na nossa alimentação e respiração – O plantio de árvores frutíferas pode proporcionar uma alimentação enriquecida em frutas, que são fontes essenciais de fibras e vitaminas. Imagine você as colhendo diretamente do seu quintal. Você também já deve ter reparado como áreas florestadas são bem mais agradáveis de se ficar, além da sombras proporcionadas pelas copas das árvores, pode-se desfrutar do canto dos pássaros e de uma respiração mais agradável, já que o mesmo vapor d’água resultante da transpiração das árvores também umedece nossas mucosas respiratórias facilitando a respiração.
Todas essas medidas se refletem em nossa qualidade de vida, melhoras na nossa saúde e no desenvolvimento das crianças.

Se você concorda comigo e também se preocupa com isso!
Plante árvores em frente a sua casa!
Cobre os governos para criação de mais áreas verdes!
Seja ativo em causas ambientais!
Mude!

Crédito das fotos: Eduardo Hanazaki e Carlos Olimpio.

5 comentários:

Carlos Eduardo disse...

Opa Renato, tudo bom?
Mais uma razão: árvores são bonitas! Qualquer um prefere viver numa cidade arborizada pelo simples fato de que árvores deixam o lugar mais bonito.
Abraço!
Carlos

Sabrina disse...

A melhor razão de todas, sem as árvores nenhum ser vivo superior pode usar NITROGÊNIO, afinal são elas que os fixam juntamente com as bactérias em seus nódulos...

Sabrina disse...

Vou divulgar no meu twitter...beijocas da Sá

Claudia disse...

É bem do tipo... quanto mais melhor!
Mas ainda falta muito para o ideal...

JAIRCLOPES disse...

Leia, comente e divulgue meu blog: www.jairclopes.blogspot.com Você estará ajudando na preservação dos animais. Obrigado, JAIR.